Desta vez quero ser fraca
Poder dizer que estou triste
Que esqueci como é ser poeta
E que a solidão persiste

Cansei de mostrar-me forte
Capaz de superar-me
Pois estou aqui pra te dizer
Que quero ser como a criança

Quero colo, quero o alimento
quero o abraço
e alegria de ser criança
sentindo o acolhimento

Do afago protetor
Na certeza do seu amor
Com o meigo carinho
que se dá a uma criança

Vim aqui pra te dizer
Estou muito Triste
Porque você não compreende
Que a minha criança
Só quer a sua mão
De amigo, de irmão
De compaixão!

Sônia Braga Urbano


Indique esta página!


[Clinica Repensar] [Menu Feminino] [Versos e Poesias]

 

Criação de Gráficos e Páginas:
Webmaster e Designer:Crys

Todos os Direitos autorais reservados ao site: www.repensar.com.br