Tirei Você De Mim
Confesso que foi difícil
Uma relação de ódio e amor me consumia,
Porém a cada dia eu compreendia
Que você não me queria!
Foi um grande período de dor e sofrimento
Porém você me olhava como a um estranho
E a interação do amor...
De aconchego, do beijo do desejo.
Foi um projeto do sonho de menina
Que ainda acreditava no príncipe encantado,
Porém finalmente

Tirei você de mim,
Do mesmo jeito que se cicatriza uma ferida,
Que aos poucos vai curando as células de dentro para fora
E fiquei só para me ver
Foi horrível quando finalmente me olhei
Ninguém poderia me amar,
Pois em uma pessoa amarga me transformei,
Foi só então que também pude te ver,
Eu realmente era muito amor para você
Eu realmente era doce e amorosa,
Porém não poderia mesmo me reconhecer,
Como eu poderia esperar alguma coisa de ti?
Sem perceber destruí-me, até que um dia...
Finalmente me embalei, me acolhi,
A Deus pedi força e venci,
Fui pegando os meus pedaços aqui e ali,
E dessa forma...

Tirei mesmo você De Mim,
Foi uma faxina e tanto acredite,
Porém hoje me sinto leve,
Um peso enorme saiu de mim
A amargura de esperar alguma coisa de ti!
Pois finalmente eu me reconheci,
E somente depois disso
Eu te vi!

Sonia Braga Urbano

::: Artigo: Amar a si mesmo é leve :::

 

::: Clinica Repensar ::: Menu ::: Voltar ::: Indique esta página! :::

Todos os Direitos autorais reservados ao site: www.repensar.com.br

CrysGráficos&Design