Sabe de uma coisa meu amigo,
Eu sou tão eu mesmo,
Que muitas vezes incomodo,
Penso depois...
Poderia ter feito uma persona,
Um tipo, para agradar,
Porém, não consigo,
Quando me percebo...
Já fui autentica,
E nada tão sério,
Vivo rindo de qualquer situação,
Aprendi fazer graça da desgraça,
Pois a vida me parece uma piada,
E costumo brincar como as crianças,
Que riem de qualquer coisa,
E aprendem compreender seus pais,
Divertindo-se, brincando,
Sonhando...
E esperam o presente no natal.
Eu aprendi com elas,
A sonhar,
Brincar, me divertir...
A qualquer momento,
Respeitar teu sofrimento,
Sem que eu precise sofrer,
Mas ao contrario,
Fazer de minha vida uma festa,
E nunca perder a esperança
De encontrar o Papai Noel!

Sonia Braga Urbano

 

::: Clinica Repensar ::: Menu ::: Voltar ::: Indique esta página! :::

 

Todos os Direitos autorais reservados ao site: www.repensar.com.br

Tube:1859-luzcristina

CrysGráficos&Design