Nova Estrada

 


Sigo sem rumo, uma nova estrada
Que poderá levar-me a recomeçar tudo
Sentindo no novo caminho o sabor da esperança
Porque na bagagem levo algumas lembranças

Lembrança de uma história construida
Com amor real e gratidão
Pelas amarguras também vividas
Que calejaram meu pés, me fincando ao chão

Entrego-me a este novo caminho sem destino
Acreditando em minha propria individualidade
Que no coração abriu-se fendas
E o "sentir" me mostra uma outra realidade

Acreditando que caminho olhando à frente
Lembrando do passado no presente
Sentindo os calos nos pés e brilhantemente
Eles me levam a uma estrada enluarada

E as estrelas na noite salpicadas
Me deixam muito mais atraente
E todos os caminhos são reluzentes
É como seguir uma estrela cadente

Saio confiante e firmemente
Não desisto de caminhar na nova estrada
Pois essa luz é do Pai, certamente
Sou apenas canal de Deus e mais nada.

Sônia Braga Urbano



Indique esta página!


[Clinica Repensar] [Menu Feminino] [Versos e Poemas]

 

Criação de Gráficos e Páginas:
Webmaster e Designer:Crys

Todos os Direitos autorais reservados ao site: www.repensar.com.br