Nesta noite calma, recolho-me a meditar. Releio os meus poemas que outrora escrevi, porém eles nada mais têm a ver comigo. Acho tão estranho que eu possa ter mudado tanto, pois raros são alguns deles que me dizem alguma coisa. Questiono-me então... Ok e o que tem a ver comigo agora já que isto não mais me cabe? Minha sabedoria interna então me responde alguma coisa. Ate então eu havia aberto a caixa de Pandora que se chama “inconsciente coletivo da humanidade”, trata-se daquela ideia negativa que o homem envelhece, adoece, sofre e morre e todos são envolvidos nessa mente coletiva, porem eu naturalmente nutria outra ideia, mas não mais que de repente fui mergulhada nessa mesma sintonia energética e somente agora me dou conta disso.


Neste momento estou desconectando a chave mental que abre a caixa de Pandora para utilizar a chave mental que abre a porta do” Paraiso do Éden”, onde não existe doença, aflições e sofrimento. Ela é constituída de vibrações mentais e usa-la e como sintonizar o radio para ouvir uma transmissão Essa vibração e constituída pela força da palavra dita ou apenas pensada. Dessa forma consigo expressar uma poesia assim:

*** *** ***

Mudança de Paradigma


Aqui em meu canto, fico a pensar no amor.
Uma luz acende em meu coração,
Desperta ânimo, alegria, renovação,
Procuro transmitir essa vibração,
De fé, de compaixão de união.
A energia do amor é meu estímulo para,
Cuidar de minhas ondas mentais,
Desejando a paz, equilíbrio, harmonia,
Saindo da caixa de Pandora...
Adentrando ao “Paraiso do Éden”
Definitivamente,
A fim de viver a juventude, da terceira idade,
Com movimento, entrosamento, amizade,
Possibilitando realizar novos sonhos...
Despreocupadamente!!!


Sonia Braga Urbano

 

::: Clinica Repensar ::: Menu ::: Voltar ::: Indique esta página! :::


Todos os Direitos autorais reservados ao site: www.repensar.com.br

 

CrysJuanGráficos&Design