Qual é a pior coisa que posso dizer?
E de todos os corações que você partiu?
É como uma espada que você mancha!
Queimado como um fósforo você começa a incinerar a vida.
de todos que você conheceu e tudo aquilo que levou de pior.
Chegará o momento quando todas as estrelas caírem do céu,
elas te farão chorar, porque você irá embora.
Bem ... não estarei aqui esta noite

Criança de – 11 anos

Esta menina de onze anos escreveu pequeno texto,
pois ficou muito forte para ela a lembrança de quando
era menor, de uma amiga imaginária que ela tinha.

A amiga era brava e dava ordens para ela, fazendo-a sofrer.

É muito comum crianças que sentem-se,
só criarem seus fantasminhas

Neste caso, foi uma espécie de auto punição, com esta imaginação.
Deixou a criação imaginária, quando aprendeu a se gostar um pouco mais
pois esta lhe trazia dor.

Sônia Braga Urbano

Indique esta página!

 

[Clinica Repensar] [Menu Feminino] [Recanto da Criança]

Midi: Gasparzinho

Todos os Direitos autorais reservados ao site: www.repensar.com.br