Era uma vez uma garota de 13 anos,
cheia de medos, insegura, timida,
filha de pais separados em conflito.
Depois de um tempinho em terapia ...

Sonia, sabe o que eu acho dos chiliques de minha mãe?

- Que tipo de chiliques tem sua mãe?

Fica gritando, dizendo que eu não a amo, que prefiro a atual
mulher de meu pai, só porque não conto a ela o que se passa
na casa de meu pai, quando ela me pergunta, eu respondo que ela
não precisa saber, que eu sei me cuidar e me defender
se preciso for, mas ... como ela gosta de fazer dramas, é isso que chamo
de chilique, mas sabe o que eu acho desses chiliques? Ela quer chamar a atenção!

- E o que você sente ao constatar isto?

Sinto raiva e me fecho em meu quarto, deixando-a gritando sózinha.

- Você gostaria de morar com seu pai?

Não eu também não gosto do comportamento de meu pai,
ele mente pra caramba, não é capaz de assumir nada.

- Cite um exemplo disso.

Ele se propõe a sair só comigo e vamos passear no shopping e
do nada surge a fulana que esta com ele agora, como coincidência,
mas sei que é pura mentira, ele já sabia que ela estaria lá.

- Você não acharia interessante desencanar dos problemas
de seus pais pra viver sua vida que é tão linda? Nas suas paqueras
nas suas notas de escola, seus esportes, suas amigas, o que achas?

Você tem razão, estou agora jogando volei super legal, perdi a insegurança
no ataque, faço arremesso de bola bem legal, sem preocupar-me se estão me olhando.

Daqui um tempinho, estarei mais velha e vou morar sózinha, quero me livrar deles o mais rápido
que eu puder.

- É muito bom ficar independente, contudo aprenda
a gostar de seus pais, do jeito que são, pois desta forma
sairá pela porta da frente, pois se sair pela porta do fundo
nunca se libertará desse conflito. Nas próximas sessões vamos
aprofundar isto, ok?

Ok, mas percebo que não tenho nenhuma afinidade com eles.

Obs: Este é o conflito de crianças e jovens, cujos pais se
separam e usam os filhos para suas loucuras.

Sônia Braga Urbano


 

Indique esta página!

 

[Clinica Repensar] [Menu Feminino] [Recanto do Adolescente]

Todos os Direitos autorais reservados ao site: www.repensar.com.br