Eu Te Compreendo!
Nunca mais vou reclamar de Ti,
Consigo ser feliz,
Apesar do que me diz.
Percebo que me queres do teu jeito,
E que certamente te fiz um pouco mais feliz.
Deixei de lado minhas carências intermináveis
E mergulhei no teu amor padronizado,
Que demonstra pouca disposição,
Para estar mais tempo ao meu lado,
Deixei de lado a mente coletiva,
Que limitava o meu sentir,
Que me impedia de transcender...
Para finalmente te compreender,
Que é difícil e incompreensível a você
Depois de viver tantos anos,
Sem a companhia feminina,
Perdeste o prazer
Do domingo ensolarado
Passear de mãos dadas
Com uma mulher ao seu lado,
Perdeste a curtição da amizade,
Da risada, da brincadeira,
Do rolar na grama...
E para defender-se do amor,
Do carinho, do afeto...
Dedica-me algumas horinhas da semana,
Onde procurei colocar muita cor!
Na esperança de mudar seu sentir,
Mas qual o que...
Por isso te compreendi!
Depois de percorrer sua história
Baseado no que me diz,
Eu realmente te compreendi,
Mas meu amor
Desculpe-me,
Eu te compreendo,
Mas não te quero,
Pois ao contrario de você
Sempre tive meus domingos
Com um amor ao meu lado,
E você prefere...
O clube do Bolinha!!!
Respeito-te,
Mas não te aceito,
Porque ME AMO
E mereço quem prefira...
A companhia da Luluzinha!

Sonia Braga Urbano

::: Artigo: LEI DA NÃO RESISTÊNCIA :::

 

::: Clinica Repensar ::: Menu ::: Voltar ::: Indique esta página! :::

Todos os Direitos autorais reservados ao site: www.repensar.com.br

CrysGráficos&Design