Jovem Perdida no Tempo

Sou jovem,perdida no tempo
Corro pelos quatro cantos, ao vento
A procura de um alento
Pois amigos em casa não tenho

Se meus pais me entendessem
diálogos poderíamos ter
sinto-me no abandono
de um lar, pra todos verem

O amor é um sentimento estranho
sou capaz de lhe dizer
quisera eu pudesse saber
pois parava de sofrer

O que fazer com meus pais
que não sabem ensinar
o beaba da liçao de amar
so aprenderam a gritar

Precisam castigar-me
para sentir-se melhor
com a autoridade nas mãos
na voz, gritaria sem dó.

Só preciso de carinho
e um olhar de compaixão
que zele por mim direitinho
sem precisar de um sermão

Tenho também meus defeitos
Sou as vezes muito rebelde
Preciso mostrar que existo
através de um grande grito

Sou produto do que aprendo
Com os adultos, que não entendo
Sempre cobertos de razão
Sò preciso de atenção

Por favor, tenham compaixão
e acolham meu coração!!!
perdido nessa escuridão
necessito quem me dê a mão.

Sônia Braga Urbano

****

Jovens

Vamos conversar com os jovens
Seja rico ou seja pobre
Para ver se eles descobrem
O valor de um grande homem.

Precisamos orientá-los
Sem precisar empurrá-los
Não se pode desampará-los
Evitando os vicios, com cuidado

Podemos fazer um pouquinho
Por estes jovens meninos
A seguir um bom caminho
Colocando luz no destino.

Muitos pais sofrem com os filhos
Querendo corrigi-los no grito
Não sendo isto preciso
Bastando ser seu amigo

Vemos tantos jovens perdidos
Na evolução do nosso tempo
Deixando se levar pelo vento
Sem saber o que estão querendo

Os ensinamentos de agora
Ja não são como outrora
Os jovens não tinham discordia
Em pouco tempo, curtiam a vitória

Aqueles que estão no poder
Ja foram jovens um dia
Tem tudo pra reverter
Para o jovem não se perder.

Neviton Paschoal



 

Indique esta página!

 

[Clinica Repensar] [Menu Feminino] [Recanto do Adolescente]

 

Todos os Direitos autorais reservados ao site: www.repensar.com.br