Saudades da minha infância
Infância de roda e dança,
Brinquedos e brincadeiras,
Feitos a mão, mãos do meu irmão

Infância de brinquedos simples e singelos,
Pipas aladas como dragões
Rodando pião, carrinho e caminhões .
Todos feitos a mão, mãos do meu irmão.

Irmão que fazia brinquedos
Também cuidava do irmão,
Como tudo construía a mão
Na sua adolescência,ganhou profissão.

Profissão que também usava as mãos
Deixou de construir pipas,
Carrinhos e piões
Virou mecânico e consertou carrões.

Mais tarde tornou-se um beberrão
Com suas próprias mãos.
Não cuidava mais de si,
Nem de seu irmão.

Já homem feito e bebendo deste jeito,
Acabou com todos os trejeitos
Nunca mais fez brinquedos,
Com as próprias mãos

Irmão que foi tão cedo,
Assim deste jeito,
Com as suas próprias mãos.

Saudade do meu irmão,
Que fazia pipas, carrinho e pião
Fazia tudo com suas próprias mãos.

Aluno supletivo: Reni Vicente de Oliveira
EMEFM Prof. Linneu Prestes
Orientação da professora: Lucia Sarti.

 

::: Clinica Repensar ::: Menu ::: Voltar ::: Indique esta página! :::

 

Todos os Direitos autorais reservados ao site: www.repensar.com.br

 

CrysGráficos&Design