Muito importante que a mulher perceba o poder que ela possui a partir de seu corpo. Alem de construir uma melhor autoestima, ainda é instrumento de atração, do desejo da figura masculina, em qualquer idade.


O grande risco dessa fixação masculina, é que tanto o homem como a mulher podem ficar preso apenas nesse aspecto da relação e certamente quando isto acontece, a relação não se mantém. Diante dos primeiros obstáculos ela se rompe.


O corpo feminino e a atração que ele produz servem para a iniciação de uma relação, acontece a presença da energia de Eros (Deus do amor), uma força que movimenta que anima duas pessoas a se conhecerem, porém o Deus Eros se cansa quando tudo vira rotina e é importante por essa razão que a relação tenha outros atrativos e não mais só a questão sexual que vem do corpo, que antes movimentava a força erótica, porém diante das dificuldades da convivência Eros se afasta.


Atração erótica é uma energia que contém muita força, amor é outra energia, é uma força espiritual, porém se o casal consegue juntar a força erótica com o amor, é maravilhoso, é o chamado encontro de almas gêmeas, é delirante a pratica do sexo, nessas condições. Para isso é preciso vencer os obstáculos das diferenças pessoais, é preciso ter muita bondade no coração em ambos, para que surja o desejo de ajudar o companheiro com suas dificuldades e recusar o sentimento de ira , de ataque aos problemas pessoais, pois bondade e ajuda verdadeira deve começar em casa. Dessa maneira com conversação, clareza na comunicação e bondade no coração é que se chega ao amor verdadeiro.


Existem pessoas que não possuem nada na cabeça e apenas sabem usar o corpo como instrumento de prazer e até financeiro. Muitas mulheres e também homens, usam o corpo para atrair pessoas com dinheiro, que a meu ver é um tipo de prostituição. São inúmeras pessoas que estão umas ao lado do outro por questões financeiras e a busca do amor, do companheirismo verdadeiro, ficaram em segundo plano, que a meu ver, deveria ser a meta existencial, a busca do amor verdadeiro, o amor incondicional.


Corpo de Mulher, que produz a força da atração de Eros, mas também a força da própria criação, a maternidade, a construção de um novo ser. A mulher que se auto respeita, saberá usar com dignidade essas condições divinas para sua evolução e certamente ajudará seu companheiro também a se auto respeitar, se valorizar além da atração sexual pura e simplesmente, apoiando-o, valorizando-o em suas ações, para que posteriormente ele faça o mesmo com você.


A atração sexual, a chamada libido deve ser usada na vida, em todas as realizações é com a força de Eros que devemos nos sentir capazes de conquistar não apenas o outro, mas a nossa própria realidade, amigos, trabalho, situação financeira, desde que saibamos distribuir afetivamente essa energia na nossa vida, somada a energia espiritual do amor. Somente dessa forma é que podemos ter equilíbrio em nossas ações e sentir muito mais prazer quando estivermos corpo a corpo na presença do outro e a presença do Deus do amor Eros, que certamente se manterá vivo o tempo todo, pela criatividade e novidades que estarão sempre presentes em um relacionamento dessa forma, mas só o amor verdadeiro é que poderá sustentar Eros neste caso.


Por essa razão quando não se une sexo e amor, a relação acaba e os indivíduos novamente saem a procura de Eros em outro corpo de mulher!

Sônia Braga Urbano

 
Indique esta página!


[ Clinica Repensar ] [ Feminina] [ Menu ]

 

Todos os Direitos autorais reservados ao site: www.repensar.com.br

CrysGráficos&Design