Autobiografia

Nasci em São Paulo,
Não tem muito tempo,
O meu passatempo
É sempre escrever.
Também gosto de ler,
Na leitura viajo,
Passeio, me distraio.
Na escrita eu expresso
O que sinto e sei.
A poesia está em meu coração,
É uma paixão
Que nunca me deixa,
Com ela me sinto bem.
E se um dia alguém
Vier me censurar
Eu irei mostrar
Todos os encantos
Que a poesia tem
E, se não convencer,
Ainda direi
Que a poesia é um acalanto
E que, para tanto,
Continuo escrevendo,
Levando alento
A quem desejar
Nela buscar
A esperança perdida,
Fazendo da vida
Também poesia.

Alyne C. Valença - 17 anos

Sou Assim

Escrevo o que penso,
Escrevo o que vejo,
Escrevo porque gosto,
Escrevo porque sinto necessidade.

Sou assim,
Escrevo porque tenho vontade,
Escrevo o que sinto,
Escrevo o que sou,
O que quero ser,
O que sonho ter,
O que pretendo fazer.

Sou assim,
Escrevo para me expressar,
Para falar sobre o que sou
Para lembrar do que fui,
Para imaginar o que serei.

Alyne C. Valença

 

Indique esta página!

 

[Clinica Repensar] [Menu Feminino] [Recanto do Adolescente]

 

CrysGráficos&Design

 

Todos os Direitos autorais reservados ao site: www.repensar.com.br