Adeus Amor
Que saudade!
Você foi embora
Para outra dimensão
Foi muito triste perceber
A real situação!

Preferiste morrer para a vida
A comprometer-se com o amor.
Brincando você foi chegando,
De leve seu bom humor espalhando,
Até todos conquistar.

Quis brincar de amor comigo,
E eu te amei...
Intensamente, até seu coração penetrar...

Em dissonância cognitiva,
Você entrou... Sem se perceber.
Enorme conflito em você se instalou
Você teria de optar: viver ou morrer.
E você optou!

Adeus amor, obrigada por tudo.
Siga em paz.
Que a saudade, possa em nós ficar!
De tempos bons que você proporcionou,
E de ter comigo brincado de amor!!!

Sonia Braga Urbano


Indique esta página!

 

[Clinica Repensar] [Menu Feminino] [Versos e Poemas]

 

Todos os Direitos autorais reservados ao site: www.repensar.com.br