Você não tinha o direito de acabar com meu sonho,
Gostei tanto de você!
Enganou-me com seu doce semblante!
Porque me quis de volta, se só queria me humilhar?
Deixar-me no vazio sem mais nada a acrescentar?
Custo acreditar no tamanho de sua maldade e imaturidade,
Custo acreditar na sua incapacidade... De amar!
Ideia fixa de como melhor transar,
Faço tudo com você, ouvi varias vezes falar...
Fazer o que comigo! Tudo o que?
Será que poderíamos mudar o tudo com você para...
Faço tudo para você?
Será que em algum dia você pensou sequer,
Em fazer de um tudo para uma mulher ser feliz?
Ou será que pensa que o seu fazer da alguma felicidade feminina?
Qualquer mulher quer ser amada,
Qualquer mulher quer ser desejada, mas com amor...
Com respeito, com carinho e atenção.
Contudo percebo o quão frio é você,
Odeio-me por ter acreditado que você havia mudado,
Acreditando que desta vez seria melhor
A sua idade já esta avançada e ainda não aprendeu
Ser amoroso, afetivo, companheiro.
O que você quer, é se deliciar como os animais irracionais,
Mas saiba que nem isso você sabe fazer
Os animais possuem mais respeito e mais ética com suas fêmeas
Coisa que você deveria querer aprender pode crer.
Olhe para si mesmo e se veja.
O seu espelho deve falar mais alto em seu coração.
A sua juventude já foi embora.
O que ainda procura?
Acha mesmo que isso que oferece pode alguém gostar?
Acha mesmo que esta feliz?
Pois se cuide, que brincando com os sentimentos alheios,
Omitindo-se de ser verdadeiro.
Só desgosto vai encontrar, pois a natureza é sabia.
E vai encontrar o lugar para te atingir
E lhe dar na medida certa, no ponto que te dói.
A resposta do que faz!

Sonia Braga Urbano

 

::: Clinica Repensar ::: Menu ::: Voltar ::: Indique esta página! :::

 

Todos os Direitos autorais reservados ao site: www.repensar.com.br

CrysJuanGráficos&Design