Viajei nas asas
da imaginação
meu pensamento
voa alto, como um avião

O dia inteiro a mesma musica
o dia inteiro o mesmo herói
um heroi cheio de manha
que pode até não existir

Eu ando e toco no meu violão
eu vou andando e me perdendo
nessa multidão
ele sobe pelas paredes

e eu vou de elevador
Mas numa coisa
nos somos iguais
que é tão fácil decobrir

Eu também sou herói
cheio de garra no que faço
Eu também sou herói
De carne e osso e não de aço

Eu tenho que andar
Eu tenho que voar
Tocando o meu violão

Eu tenho que pensar
Eu tenho que sonhar
dentro dessa imaginação

Alan Urbano Gama - 14 anos

 

Indique esta página!

 

[Clinica Repensar] [Menu Feminino] [Recanto do Adolescente]

 

Todos os Direitos autorais reservados ao site: www.repensar.com.br